Biópsia de Próstata | Biópsia de Tiróide  Contato | Home | Perguntas    




Biopsia.com.br v1.2
Design by D3i

 

Esta página foi preparada com o intuito de esclarecer, através de uma linguagem mais simples, os principais aspectos relacionados à Biópsias de Próstata, Tireóide, e Mama, descrevendo procedimentos específicos, patologias e informações gerais relevantes.
Todo o conteúdo foi preparado pela Dra. Suzana Aquino Cavallieri, médica radiologista da Rede Labs D'or e do Instituto Nacional de Câncer.

informações sobre procedimentos pergunte a Dra. Suzana Aquino Cavallieri clique aqui
Google

  • Não dirigir após o procedimento ou executar qualquer atividade que exija concentração ou atenção, nas oito horas seguintes ao exame, uma vez que o paciente ainda pode estar sob efeito dos medicamentos.
  • Repouso de pelo menos 8 horas e evitar exercício físico nas primeiras 24 horas após o exame.
  • Continuar tomando o antibiótico prescrito por mais 6 dias, pelo menos, tomando um comprimido a cada 12 horas. Essa prescrição poderá ser modificada em casos especiais a critério do médico assistente.
  • Após a biópsia é comum a presença de pequena quantidade de sangue na urina que pode continuar de forma intermitente por até 30 dias.
  • Recomenda-se não manter relações sexuais nos primeiros 5 dias após o exame. Nas primeiras relações sexuais é comum a saída de sangue junto com o esperma.
  • Pode ocorrer sangramento pelo reto nas primeiras horas após a biópsia que deve ceder espontaneamente com repouso. Como tratamento auxiliar pode ser feito compressa de gelo na região do períneo.
  • Alimentação leve, não ingerir bebidas alcoólicas enquanto estiver tomando o antibiótico.
  • Trazer os resultados dos exames anteriores.
  • Vir acompanhado, logo após o exame pode haver sonolência ou falta de atenção. Recomenda-se não marcar compromissos após a biópsia.
  • Nas primeiras 8 horas após a biópsia pode ocorrer sensação dolorosa mais intensa. Recomenda-se tomar um analgésico de sua preferência que não possua ação anticoagulantes, de 6 em 6 horas, nas primeiras 24 horas.
Atenção

Febre, dor, ardência e dificuldade para urinar não são sintomas esperados após o exame. Nestes casos entrar em contato com o LABS Ipanema ou com o médico assistente que requisitou o exame.




Véspera do exame

  • Dieta leve no jantar.
  • Tomar o antibiótico prescrito pelo médico, caso não tenha uma prescrição, sugerimos: CIPRO 500mg, LEVAQUIM 500mg ou QUINOFLOX 500mg, começar a tomar na véspera do exame, pela manhã de 12/12hs. Comprar a caixa completa porque vai continuar tomando o antibiótico após a realização do exame por mais 6 dias.
No dia do exame

  • Jejum de oito horas inclusive para líquidos.
  • Vir acompanhado. Não poderá dirigir nas próximas 8 horas.
  • Solicitamos aos pacientes um risco cirúrgico liberando-o para a realização de um procedimento com sedação.
  • Trazer o antibiótico e as doses dos remédios que normalmente faz uso para tomar após o procedimento ainda na clínica.
  • Suspender o uso de anticoagulantes por pelo menos 10 dias (ideal suspender por 15 dias). Sugerimos comunicar ao médico que o orientou sobre a suspensão do mesmo.
  • Exemplos de anticoagulantes: ASPIRINA, ASS, MELHORAL, TICLID, MAREVAN, PLAVIX, PERSANTIN, TRENTAL e BUFERIN.
  • O uso do anticoagulante deverá ser reiniciado após 5 dias.
  • Realizar uma limpeza intestinal com supositório de glicerina um pouco antes de sair de casa para a realização do exame.
  • Não marcar compromissos no dia do exame.
  • Trazer exames anteriores e os pedidos médicos relativos aos exames que serão realizados: ultra-sonografia da próstata por via transretal, biópsia guiada por ultra-som e histopatológico.
  • Após o exame recomenda-se repouso de pelo menos 8 horas e evitar exercício físico nas primeiras 24 horas.
 
 
biópsia.com.br - todos os direitos reservados - 2007